Lipoenxertia em GlÚteo (Enxerto de Gordura em GlÚteo)

A lipoenxertia de glúteo dever considerada como uma alternativa para o aumento do volume dos glúteos para os pacientes que não desejam prótese de silicone. O Enxerto de gordura também é indicado para pacientes que tenham glúteos pequenos, com atrofia ou que tenham passado por grande perda de peso e, consequentemente, perdido volume.

É realizada por uma incisão (corte), que deixará uma cicatriz final, no sulco interglúteo, ou seja, entre as nádegas, próximo ao cóccix.
Ela pode ser associada ao enxerto de gordura que proporciona um resultado mais natural. Além do aumento, pode-se realizar a elevação do glúteo e tratar a flacidez. É muito comum o cirurgião plástico realizar os três procedimentos juntos: enxerto de gordura, inclusão de prótese e elevação de glúteo.

 Algumas pessoas possuem a musculatura da região glútea pouco desenvolvida e, mesmo se exercitando em academias, não conseguem obter um resultado satisfatório. Outros fatores como a perda significativa de peso, o sedentarismo, ou mesmo a idade prejudicam a elasticidade da pele e o músculo da região glútea, que tendem a apresentar flacidez e podem ser corrigidos através da técnica.

A gordura utilizada para a enxertia do glúteo é obtida através da lipoaspiração das demais regiões do corpo como abdome, dorso e coxas. Pacientes que desejam apenas realçar as curvas ou melhorar a aparência da região glútea também podem recorrer ao implante de silicone.
A realização do procedimento de lipoenxertia de glúteo é indicada para pacientes com mais de 16 anos, uma vez que nesta faixa etária a estrutura corporal já está quase toda formada.