Toxina Botulínica

A toxina botulínica é uma das substâncias mais importantes no campo do rejuvenescimento facial. Esta substância é a forma mais popular de redução de rugas faciais.

Consiste em uma toxina obtida de uma bactéria chamada Clostridium botulinicum. No produto a ser aplicado, esta bactéria encontra-se atenuada. Essas injeções vêm sendo usadas há mais de uma década em crianças e adultos para resolver problema de espasmos musculares, tanto na face quanto em outras regiões do corpo.

 O modo de ação é através de um “enfraquecimento” muscular. A toxina bloqueia quimicamente a chamada “placa motora” do músculo, impedindo que ocorra a contração muscular.

Sorrir, franzir a testa, apertar os olhos e até a mastigação, basicamente, qualquer movimento facial pode, eventualmente, levar aos sinais mais comuns de envelhecimento: rugas. As rugas fazem você parecer cansado ou até irritado quando não está. Uma das soluções mais rápidas e mais seguras para remover as rugas é a injeção de toxina botulínica.

A forma cosmética da toxina botulínica é realizada através de injeções que temporariamente reduzem ou eliminam linhas de expressão, rugas na testa, pés de galinha perto dos olhos e bandas grossas no pescoço.

 A ação da toxina é localizada, isto é, limita-se ao músculo onde foi injetada, e tem início 48 horas após a aplicação, atingindo seu resultado final em 15 dias. Marcas disponíveis de toxina botulínica aprovadas pela ANVISA: Botox®, Dysport®, Xeomin®, Prosygne®, Botulift®.

O paciente pode retomar as atividades normais imediatamente. Importante: não esfregue ou massageie as áreas tratadas, pois pode causar a migração da toxina botulínica para outra área do seu rosto. Se isto acontecer, pode ocorrer fraqueza facial temporária ou ptose
Quando os efeitos da toxina botulínica começam a desaparecer, os músculos reagem e as rugas reaparecem.

Efeitos Colaterais: ocasionalmente pode ocorrer um discreto edema (inchaço) e/ou equimose (mancha roxa) na área tratada, fraqueza temporária facial ou ptose. Raramente, o músculo adjacente pode ficar enfraquecido (por uma, ou por várias semanas após a injeção).
Muito raramente, a toxina pode se espalhar para além da área de tratamento, podendo causar sinais e sintomas de botulismo tais como problemas respiratórios, dificuldade de deglutição, fraqueza muscular e fala arrastada. Qualquer dúvida ou reação diversa, contatar com seu cirurgião.

Cuidado com o que esta sendo oferecido no mercado da beleza por profissionais que não sejam médicos e que não tenham a capacitação e a formação adequadas para a realização deste procedimento. Importante ressaltar que se tratando de saúde, a sua segurança em primeiro lugar. Busque referências de seu médico e se é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.